Início Início Alojamento Alojamento Salão de Chá / Gourmet Salão de Chá / Gourmet Espaço Arte Espaço Arte Contatos Contatos
DIA DOS NAMORADOS 14 DE FEVEREIRO História A história do Dia de São Valentim remonta a um obscuro dia de jejum tido em homenagem a São  Valentim. A associação com o amor romântico chega depois do final daIdade Média, durante o  qual o conceito de amor romântico foi formulado.  O bispo Valentim lutou contra as ordens do imperador Cláudio II, que havia proibido o  casamento durante as guerras acreditando que os solteiros eram melhores combatentes. Além  de continuar celebrando casamentos, ele se casou secretamente, apesar da proibição do  imperador. A prática foi descoberta e Valentim foi preso e condenado à morte. Enquanto estava  preso, muitos jovens lhe enviavam flores e bilhetes dizendo que ainda acreditavam no amor.  Enquanto aguardava na prisão o cumprimento da sua sentença, ele se apaixonou pela filha cega  de um carcereiro e, milagrosamente, devolveu-lhe a visão. Antes da execução, Valentim  escreveu uma mensagem de adeus para ela, na qual assinava como “Seu Namorado” ou “De seu  Valentim”. Considerado mártir pela Igreja Católica, a data de sua morte - 14 de fevereiro - também marca  a véspera de lupercais, festas anuais celebradas na Roma antiga em honra de Juno (deusa da  mulher e do matrimónio) e de Pan (deus da natureza). Um dos rituais desse festival era a  passeata da fertilidade, em que os sacerdotes caminhavam pela cidade batendo em todas as  mulheres com correias de couro de cabra para assegurar a fecundidade. Outra versão diz que no século XVII, ingleses e fanceses passaram a celebrar o Dia de São  Valentim como a união do Dia dos Namorados. A data foi adotada um século depois nos Estados  Unidos, tornando-se o The Valentine's Day. E na Idade Média, dizia-se que o dia 14 de fevereiro  era o primeiro dia de acasalamento dos pássaros. Por isso, os namorados da Idade Média  usavam esta ocasião para deixar mensagens de amor na soleira da porta do(a) amado(a). Momentos inesquecíveis no ESPAÇO EDLA, em SINTRA.  O ESPAÇO EDLA, é uma referência e uma inspiração dedicado a Elise Hensler, Condessa  d’EDLA, mulher de extrema sensibilidade, casada com o rei D. Fernando II.   Com uma localização privilegiada na Vila de Sintra, na rua paralela à estação de caminhos-de-  ferro de Sintra, o ESPAÇO EDLA reúne num só local Salão de Chá, Pastelaria, Produtos  Gourmet, Espaço de Arte e Alojamento Local.   Elegância, requinte, romantismo, poesia, arte são palavras que descrevem o ESPAÇO EDLA. Com toques de imaginação e originalidade, a deliciosa pastelaria e as ementas dos Almoços  Gourmet têm a assinatura de TERESA VARÃO BOTELHO.  O ESPAÇO EDLA, no DIA de S. VALENTIM propõe uma partilha a dois. Ao almoço, num  ambiente embalado por música ambiente e à luz das velas, tem um inspirador Buffet  Romântico, onde se incluem pratos como: Tentações de Carne, Mimos de Bacalhau, Sopa Aura  do Amor, acompanhados pela Sangria Afrodite de espumante e frutos vermelhos. Cada par  romântico será brindado com um “ Feitiço de Amor”. Esta sugestão custa € 6,50 por pessoa.  Ao lanche, sugerimos o famoso chá “CASABLANCA” da “Mariage Frères” ou o chocolate quente  com maçã e pinhões, as torradas de paixão, o Sublime de Chocolate com melífluos morangos ou  os scones com deliciosas compotas e manteiga. À noite poderá fazer a sua reserva no Alojamento do ESPAÇO EDLA, onde poderá desfrutar a dois de uma garrafa de espumante branco com línguas de gato de chocolate de leite. Momentos deliciosamente inesquecíveis no ESPAÇO EDLA, em SINTRA.  Deixe o seu coração falar mais alto.